quarta-feira, 9 de março de 2011

Um espaço a ter em conta...

Casa do gato negro em Trancoso,

Desafiamo-lo a descobrir as casas onde viveram os judeus que aqui se estabeleceram no séc.
XV. Identificam-se pelas duas portas, uma mais larga para o comércio a que se dedicavam e outra mais estreita para uso doméstico. A Casa do Gato Negro (no Largo Luís de Albuquerque), a antiga sinagoga e residência do rabino, é uma das mais emblemáticas. Um dos judeus mais conhecidos de Trancoso foi o misterioso Bandarra (1500-45), um sapateiro poeta que profetizou o futuro de Portugal e serviu de inspiração a muitos escritores, entre os quais se encontra Fernando Pessoa.

Sem comentários:

Publicar um comentário